Subscribe to RSS Feed

Uma música com o seu nome

sábado, 7 de novembro de 2009 by Leila Franca


Quem é Maria ou Mary, Carolina ou Lucy, Madalena ou Angie sabe bem como é bom ter uma música com seu nome. Seu namorado, marido ou companheiro cantam esta música pra vocês? Seus amigos brincam contigo usando a sua canção? Não foi feita pra você, mas tornou-se sua. Ninguém duvida disso. Cantores e compositores deveriam criar mais músicas com os nomes de suas musas de modo que cada mulher pudesse ter sua própria melodia.

Eu, Leila, não tinha a menor esperança de que pudesse haver uma música com o meu nome. Quem vai fazer uma música com este nome? E assim devem pensar todas as Flávias, Carmens, Sônias, que ainda esperam por sua própria canção.

Cresci ouvindo as músicas dedicadas aquelas mulheres misteriosas que inspiraram um compositor, um músico ou um artista qualquer. Parecem ser lindas e impiedosas, fazem os homens chorar. Será que não existirá nunca uma leila assim mais bonitinha? Serão todas pacientes e bobocas a ponto de silenciar as cordas de um violão?

Não tem nem um mês que li no Globo que Lucy Vadden, que inspirou John Lennon na música "Lucy in the sky with diamonds", faleceu. Ter seu nome cantado por gerações e gerações é algo assim como ganhar um presente dos anjos e fadas. Uma alegria suave, algo que acaricia o coração.

A origem do meu nome é arabe. Pode ser que em algum ponto do Saara haja algum beduíno cantarolando um refrão para uma leila coberta com véus e as mãos sujas da areia do deserto. Quem vai saber?

Mas não precisei ir tão longe. Bem, um pouquinho longe apenas. Desde que cheguei em Boston, nos Estados Unidos, bastava ser apresentada a alguém, que logo após o cumprimento a pessoa que eu acabara de conhecer começava a cantar: "... Leila, you've got me on my knees", algo assim como "Leila, você me deixou de joelhos". Eu só pensava assim: "Nossa, que povo estranho". O que eu fiz?

Isso acontecia tanto que tentei descobrir que música era aquela que eu não conhecia. Era uma música bastante popular na costa leste americana, já que todo mundo sabia. Mas uma vez conversando com um amigo do amigo ao telefone, que estava em Tucson, no Arizona, novamente eu ouvi "Leila, you've got me on my knees". A música era conhecida de norte a sul, leste a oeste, só eu que não sabia. Fui pesquisar e descobri que a música de fato chama-se "Layla", que em inglês pronuncia-se leila. Dava no mesmo.

A coisa realmente chegou ao seu ponto culminante numa noite que eu estava sentada no balção de um pub esfumaçado e lotado de gente maluca em Boston. Fui apresentada a um rapaz que, como de praxe, começou a cantar o refrão que já era meu conhecido. A bartender lourinha ouviu aquilo e começou a cantar também. Um casal que estava ao meu lado se juntou ao coro. Logo eu ouvi alguém e mais alguém perguntando "quem? quem?" e a lourinha sorridente começou a apontar pra mim e a dizer pra todo mundo que estavam cantando porque meu nome era leila. A coisa foi se espalhando até que todas aquelas pessoas cantaram juntas a música inteira, levantando seus copos de cerveja, seus bonés e outros drinks.

Foi um fenômeno. Realmente, agradeço aos americanos por este momento de alegria que me ficará na memória. Agora posso dizer que tenho, afinal, a minha música! Cliquem no vídeo abaixo para ouví-la e reparem no refrão. Quem canta e toca maravilhosamente é o autor, Eric Clapton.


5 comentários:

  1. Rosana Madjarof
    7 de novembro de 2009 23:24

    Muito legal Leila...

    Eu descobri que eu também tenho uma música com o meu nome.

    A música chama-se Rosana e quem cantava era o saudoso Paulo Sérgio.

    Amei!

    Beijos.

    Rosana.

  1. TONY
    8 de novembro de 2009 12:46

    Olá

    Bom o meu nome é tão vulgar, que não faltam musicas.
    A mais engraçada é "chamem o António" do Toy, rsss

    um abraço

  1. Leila Franca
    8 de novembro de 2009 12:48

    Eu estou adorando ver todo mundo lembrar de sua própria música! rs

  1. Claudinha
    9 de novembro de 2009 23:29

    E eu que não tenho nenhuma! Snif! Também, Claudia é difícl! Nada rima com Cláudia! Rsrsrs!
    Mas que momento Leila! Um bar inteiro cantando para ti!
    Bjs!

  1. Sissym
    11 de novembro de 2009 21:09

    Que sortuda, ainda tem o Eric Clapton tocando para voce! E esta música... kkkkkk... é super conhecida sim!!!! E eu gosto! uauauauauauau

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails

Picapp Widget