Subscribe to RSS Feed

Crianças e Animais

segunda-feira, 26 de outubro de 2009 by Leila Franca



Eles fazem barulho e bagunça. Dão trabalho e muita despesa. Ocupam nosso tempo e nos enchem de preocupações. Eles nos prendem em casa e requisitam nossa atenção. Eles nos pregam sustos e diferentes surpresas. Eles nos fazem rir e chorar. Eles tiram as coisas do lugar.

Eles nos acordam na madrugada e dormem durante o dia. Eles choram. Eles querem dormir conosco. Eles nos trazem presentes diferentes: uma flor amassada, um inseto esperneando. Eles têm brinquedos que são deixados no nosso caminho. Eles precisam de nós para dar banho. Precisam de nós para o alimento. Eles querem ser levados no colo.

Muitas vezes eles não entendem nossas palavras, mas seus olhos brilhantes também nos dizem mais do que somos capazes de entender. Eles são alegres por natureza. Ingênuos e inocentes. Simples. Eles não sabem se defender do perigo. Não entendem um castigo.

Mas o que seria de nós sem eles? Que tipo de vida teríamos? De onde viria a graça e a beleza? O que nos restaria?


PS: Na foto, Isabela e seu gato Beijoca (nome que ela escolheu). Foto feita pelo meu filho Joe.

4 comentários:

  1. Sissym
    26 de outubro de 2009 14:21

    Pois a minha gata gorda, peluda e folgada é justamente tudo que vc disse! Eu passei a ama-la como uma filha logo que vi que foi a unica que se preocupou comigo quando quebrei o meu dedo em casa. O resto nem se importou com minha dor, ela ficou ao meu lado o tempo todo.
    Ela me acorda diariamente para pedir comida, exceto...se eu estiver doente!!! Ela me avisa quando a empregada chega, quando tem gente na porta. Para que cachorro se ela faz o serviço igual?!?! kkkkkk

  1. Nêodo
    31 de outubro de 2009 11:53

    Garota.. vc é a mágica das letras.. que .lindo ...que emoção senti.. principalmente por ver a nossa adorada Isabela..

    obrigado pela emoção...

  1. Bilhares SLZ
    21 de março de 2012 15:02

    oi meu nome é John Hayson tenho cancer e tenho uma gatinha persa chamada melissa, adorei os seus posts e se você pudesse escrever algo sobre doentes e gatos eu adoraria. Abraço.

  1. Leila Franca
    21 de março de 2012 16:49

    Oi John,

    Obrigada por vir ao meu blog, ler e comentar. Eu entendo o que diz porque sei que os gatos são seres intensos, carinhosos e gostam de estar junto do dono. A gente nunca se sente só quando tem um gato. Já tem tempo que não escrevo, mas vou tentar atender ao seu pedido.

    Leila

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails

Picapp Widget