Subscribe to RSS Feed

Estou de Olho - Nº 3

terça-feira, 5 de janeiro de 2010 by Leila Franca


Nota do editor: Hoje, felizmente, conseguimos que o nosso robô pelo menos se sentasse para uma entrevista (a pedidos).

Entrevista com o Robô

Robot receptionist using speaker phone

Repórter: "sr. Robô, é verdade que o senhor gosta de números?"

Robô: "Ah sim, gosto tanto de números quanto a internet gosta de links."

Repórter: "Então, vou direto ao assunto: a quantidade de seguidores que temos é importante?"

Robô: "Ah! Claro que é, tudo que tem um número conta para um robô."

Repórter: "Mas muitas pessoas dizem que só seguem quem realmente gostam de ler."

Robô: "Entenda uma coisa: seguir é apenas uma ligação, uma conexão. Um número! Não me venha com sentimentalismos. Robô não tem sentimentos, apenas conta e organiza."

Repórter: "Desculpe! Desculpe! Então se é só um número, isso conta para a posição no ranking? Existe uma quantidade de seguidores que, a partir dela, podemos avançar mais rapidamente? Qual é essa quantidade?"

Robô: "Já está perguntando demais! Estou respondendo há 130 segundos. Seu tempo acabou!"

Teenage Girl Writing in a Diary

Notinhas:

1. Enquanto o problema dos comentários com notas baixas e até negativas não é resolvido, podemos andar pra frente de outras maneiras: uma delas é votando mais nas notícias que gostamos.

2. Podemos prosseguir em frente, obviamente enviando e indicando nossas notícias e a de outras pessoas.

3. E podemos buscar mais seguidores para o nosso perfil. Estes seguidores poderão vir devido a ótimos artigos, que venham a entusiasmar o leitor a ponto dele passar a seguir nossas notícias, mas teremos mais seguidores também a partir do momento que seguimos as notícias de alguém. É dando que se recebe! Se passarmos a seguir as notícias de muitos usuários, consequentemente obteremos mais seguidores.

4. Digamos que você goste de ler as notícias de um pequeno grupo de autores: poderá criar um grupo de autores favoritos na sua página de amigos e depois só consultar suas notícias enviadas.

Two babies (6-9 months) sitting on white background

Seção Novato:

Hoje só quero fazer uma observação. Uma coisa é falar, outra coisa é escrever. Às vezes, durante o dia, podemos até falar um palavrão. Porém, ao escrever comentários, não use palavrões, pois geralmente não são bem recebidos.


11 comentários:

  1. Valéria
    5 de janeiro de 2010 23:14

    Leila, adorei mais esta dica no Robô.
    E estou com você amiga... sem palavrão nos comentários.
    beijo no coração

  1. RobMaia
    5 de janeiro de 2010 23:17

    Até que enfim alguém nessa internet entendeu que 'amigo' em rede social não é o mesmo que 'amigo de fé, irmão camarada'. Se a gente só for aceitar na lista os amigos de fato, cada um vai ter bem poucos contatos. Valeu mesmo, Leila. Abraços.

  1. Maria Souza
    5 de janeiro de 2010 23:34

    Desculpa, Leila, mas creio que todos deveriam se preocupar em postar apenas, comentar sobre o que lhe convier, votar no que lê e assim por diante.

    Esse fluxo que fazemos aqui é o que realmente importa. Os seguidores, para mim, são como os Selos... sempre bem vindos e sem grupos, sem comprometimentos... chegam e saem com a mesma leveza.

    No que diz respeito aos palavrões, quando isso acontece (raramente) no mesmo momento todos vão em cima, o que aborta qualquer tentativa de denegrir o site.

    Assim que penso, minha amiga.

    beijos, Maria Souza - Porto Alegre - RS

  1. Sonia Regly
    5 de janeiro de 2010 23:46

    Leilaaaaaa,
    Vc sabe das coisas ,heim??? Estou adorando essas explicações.Inteligentíssima!!!The best!!!

  1. eu
    6 de janeiro de 2010 00:24

    gostei das explicações ,valeu a paz

  1. Lilian
    6 de janeiro de 2010 01:37

    Olá querida amiga Leila,

    Parabéns por mais esta edição de "Estou de Olho".

    Adorei. Estou gostando da entrevista com o Robozinho. Já se decidiu pelo nome, pela sugestão do Rob? Vê se consegue uma entrevista bem mais longa.... kkkkk,

    Beijos querida, e muito sucesso.

    Carinhoso e fraterno abraço,
    Lilian

  1. Fernando Monção
    6 de janeiro de 2010 02:01

    Comadre...comadres...
    do auto da minha completa ignorância, rsrrs...
    Eu sinceramente comecei minha vida na net pra me relacionar com os meninos que om a separação, haviam ficado em outra cidade...fui me envolvendo nisso sem nenhum conhecimento ou tecnica...hoje tenho um monte de caminhos e nem mesmo sei lidar com todos, mas só faço o me apaixona, olha... começou com meu perfil no Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=mp&uid=1149536221186586499

    o segundo:http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=mp&uid=11423011814381115019

    a comunidade... passem lá, ok?:http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=36492478

    e os 4 perfis (já são 4 ) com clientes aqui de Valença: casadocompadre@gmail.com...casadocompadre2@gmaile por aí vai...

    agora o Dihitt, o blog e quem mais vier, o fato é que continuo tratando esse povo todo com o mesmo envolvimento dos primeiros... ingênuidade? Pode ser, mas prefiro assim... só comento oque leio, só voto no que gosto, e infelizmente as vezes nem dá tempo de ler todos vocês, como gostaría, mas se estiver cometendo alguma gafe, por favor, estejam à vontade de me alertar, ok?
    Abraços, compadre Fernando.

  1. Luísa
    6 de janeiro de 2010 07:12

    Leila!

    Bom dia! Mais outra excelente entrevista com essa máquina tão doce e querida que é o Robot! Ele esclareceu muito bem: "amigos" numa rede social são um conceito completamente diferente e novo de "amigos" no nosso dia-a-dia. Simples e prático. Adorei.

    Quanto às notinhas, concordo plenamente com elas. Em relação aos seguidores, confesso que não tenho estado muito atenta a essa questão, isto porque o meu e-mail fica entupido com tantas mensagens, que normalmente eu dou-lhe um apagão. Claro que se perdem também mensagens importantes de seguidores e até de notícias que comentei e que poderão ter feedback. Mas vou ter mais atenção!

    Beijos
    Luísa

  1. Isabel Ruiz,
    6 de janeiro de 2010 09:31

    Oi Leila, gostei muito do seu post. Agora, sei que preciso prestar mais atenção ao que acontece no DiHITT. Comecei a participar dessa rede social sem entender como funciona e continuo nesse mesmo status infelizmente. Mas vou aprender. rs
    Beijos amiga.
    Bel

  1. Sissym
    7 de janeiro de 2010 18:31

    Leiloca... o seu jornalzinho foi uma idéia fantastica! Suas dicas são preciosas... especialmente a maneira com que devemos nos comunicar. É importante saber escrever com "educação". Bjs

  1. Cris Travassos
    7 de janeiro de 2010 19:28

    Leila,

    Já resolvi que vou comentar no blog, já que as notinhas estão descontroladas, agora vou tentar seguir a sua preciosa dica, já que não disponho de muito tempo.

    Beijocas

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails

Picapp Widget