Subscribe to RSS Feed

Fiz um parto!

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 by Leila Franca


Parto é coisa de mulher, mas todos devem saber o que fazer, pelo menos teoricamente! Acalmar a gestante, calcular o tempo entre as contrações, segurar-lhe a mão quando a dor for muita, amparar o bebê, cortar o cordão umbilical etc.

Mas o parto que eu tive que ajudar não foi de gente. Foi de uma gata! Não estou brincando. Esta gata, prestes a ter seus filhotes, olhava pra mim e miava como quem diz "me ajuda!" Ficou rodopiando entre os meus pés até que parecia que tinha feito um pouquinho de xixi, mas era o líquido amniótico! Quando sai este líquido é sinal que vem neném!

Vinyl Ready Art - Silhouettes

A gatinha deitou a um palmo dos meus pés e começou a fazer força, mas nada dos filhotes saírem. Fazia força de novo e nada... Então eu entrei em ação! Quando ela começou a fazer força, eu amparei suas patas traseiras para ela não deslizar no chão. Mas nada de filhote! A gata me olhava implorando: "Faz alguma coisa!" - ela disse.

Na próxima contração segurei sua cabeça e firmei o seu tórax para os filhotes não subirem. De boca aberta, ela fazia respiração "cachorrinho"! Agora vai! Mas não foi. Chorando, ela entrou na caixa do meu scanner novo que estava no canto do quarto. "Vem aqui!!!!" - disse a gata de novo. Deitei no chão pra poder enxergar dentro da caixa e repeti o processo.

Dessa vez um filhotinho nasceu! Mais força e outro! Dois pretinhos. Força novamente! E veio um branquinho. A última força e mais um branquinho! 4 bebês. O corte do cordão umbilical ficou por conta da gata.

Abaixo uma foto deles no local onde nasceram ainda sujo de sangue.


Tive que esperar uma semana pra poder mexer nos filhotinhos, pois a gata poderia rejeitá-los. Agora já pude colocar os bebezinhos na caminha que comprei pra eles. Ficaram lindos, com 8 dias. Os branquinhos vão ser do tipo siamês... já estão com os rabinhos e orelhinhas mais escuros. Próxima etapa: doação dos bonitinhos e castração da gata mãe. Missão cumprida!



11 comentários:

  1. Fernandez
    28 de janeiro de 2010 21:20

    Olá amiga Leila!
    Adorei o post! Muito bonitinho os filhotes.
    Grande abraço, Fernandez.

  1. Luísa
    28 de janeiro de 2010 21:25

    Leila!

    Que coisa mais linda! Mereces um diploma da melhor parteira de gatinhos. Os teus "afilhadinhos" são simplesmente lindos!

    Parabéns pelo texto e pela fofa ninhada.

    Beijocas
    Luísa

  1. Professora Ismaelita
    28 de janeiro de 2010 21:51

    que lindos ! parabéns vovó, bjos a paz

  1. concentrado
    28 de janeiro de 2010 22:57

    Ainda bem que vc estva por perto, fez um ótimo trabalho eles são todos lindos.

  1. Isabel Ruiz,
    28 de janeiro de 2010 23:12

    Que maravilha! Confesso que admiro a sua coragem.
    Nesses casos sou muito covarde, teria corrido a chamar por alguém que pudesse ajudar.
    Se tiver alguém desequilibrado eu vou, mas quando o assunto é ferida física e não psíquica ou um parto, ai ai ai... só por Deus. rs
    Beijos
    Bel

  1. Valéria Braz
    29 de janeiro de 2010 12:37

    Que lindos.... eu adoro gatos! Também já ajudei em parto de gata... não tem momento mais mágico!
    Beijo no coração

  1. Guacira Merlin
    30 de janeiro de 2010 12:27

    Mimosos! Que coisa mais fofa!
    Tive uma experiência semelhante aqui em casa há uns 8 meses. Nasceram dois branquinhos, uma três pelos e um preto e branco. Todos bem doados menos o último, que conquistou corações e continua aqui conosco. Atende sob o nome de Batman.
    Boa sorte com os seus!

  1. LISON
    30 de janeiro de 2010 18:34

    Saudações!
    Que Post Fantástico!
    AMIGA LEILA, você sempre nos supreendendo, este seu texto é fascinante, vale nota 1000!
    Agora você pode soltar fogos, pois, não é qualquer parteira que se habilita a "pegar" uma, Gata. Por aqui, no inetrior as parteiras dizem;pegar.
    Parabéns pelo excelente Post!
    Abraços fraternos,
    LISON.

  1. Geraldo
    2 de fevereiro de 2010 14:51

    Olá Leila,

    Que legal esta experiência...muito embora eu só tenha tido animais machos, a do meu cachorro atual, a mãe é de uma amiga nossa, que também fe o parto...

    Abraço

  1. Alessandro Barros
    31 de março de 2010 12:11

    Olá! Muito bom seu parto, realmente o nascimento é mesmo um momento único para nós seres humanos e também para os animais. Sou grato por ser profissional da saúde e me deparar com momentos assim sempre.
    Parabéms pelo ato e pela postagem ....

  1. Leila Franca
    31 de março de 2010 17:22

    Olá Alessandro,

    Obrigada pelo seu comentário e pela visita ao meu blog. Os filhotinhos com 2 meses agora estão lindos. Eu pensava que os animais dispensassem ajuda nessa hora, principalmente uma gata, por ser um animal tão independente e arisco. Mas com essa gata se deu conforme expliquei no post. Seu olhar expressivo pedia minha ajuda.

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails

Picapp Widget